Viktor Kortchnoi - Tabuleiro de Xadrez

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Viktor Kortchnoi

Viktor Kortchnoi
Viktor Kortchnoi cativou a imaginação dos fãs do xadrez em todo o mundo, inclusive a dos não-jogadores quando - após deixar a ex-União Soviética em 1976 e publicar sua autobiografia Chess is my life - superou aos 46 anos todos os obstáculos para tornar-se o desafiante do campeão mundial e recuperar-se contra Karpov de uma desvantagem de 2 a 5 a apenas uma partida da derrota final.

Kortchnoi é um homem de grande força física e mental - o que é evidente para alguém que atingiu o ápice numa idade em que a maioria dos mestres passa para uma atividade menos intensa, preparando-se para a aposentadoria. Mas o talento de Kortchnoi, apesar de ter marcado sua adolescência, demorou muitos anos para amadurecer totalmente. E em 1954, aos 23 anos, venceu seu primeiro grande torneio em Bucareste, e em 1962, aos 31, entrou para a lista dos candidatos ao título mundial. Sua grande oportunidade veio em 1973-75, quando chegou à final do Torneio dos Candidatos junto com Karpov. Os oficiais soviéticos favoreciam claramente- o jogador mais jovem e Kortchnoi, um individualista cada vez mais frustrado com a sociedade soviética, deu o drástico passo de mudar para o Ocidente.

A mudança em sua vida restaurou suas energias, que ele canalizou para o desejo ardente de provar sua capacidade perante seus inimigos da URSS, com a conquista do título. Nas eliminatórias entre os candidatos, em 1977, derrotou Petrossian, Polugaievski e Spásski com um estilo impressionante, e esteve a apenas uma partida de vencer Karpov pelo campeonato mundial.

O herói de Kortchnoi no xadrez é reconhecidamente Lasker, o que torna seu jogo dinâmico e capaz de saídas inesperadas em posições difíceis. Não se trata de um estilo acessível ao jogador comum e, para falar a verdade, muitos colegas grandes-mestres admitem que consideram os processos mentais de Kortchnoi difíceis de assimilar. Mas um tema típico de Kortchnoi, que pode ser aprendido através do estudo de suas partidas, é sua capacidade de combinar a dama com as peças menores num ataque conjunto. Um bom exemplo dessa característica é uma abertura rara com gambito que coloca o adversário sob grande pressão e, eventualmente, abre sua defesa.

Viktor Kortchnoi morreu aos 85 anos em 06 de junho de 2016, na cidade suíça de Wohlen.
2017 - Todos os direitos reservados
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal