Vera Menchik - Tabuleiro de Xadrez

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Vera Menchik

Vera Menchik
Vera Menchik (Tcheco: Věra Menčíková, nasceu no dia 16 de fevereiro de 1906, e faleceu em Moscou no dia 27 de Junho de 1944, em Londres, na Inglaterra. Foi uma enxadrista tcheco-inglesa e a primeira campeã mundial pelo Campeonato Mundial Feminino de Xadrez.

Biografia

Nascida em Moscou, de pai tcheco e mãe britânica, aprendeu a jogar xadrez aos nove anos de idade com o pai. A família se mudou para a Inglaterra em 1921, e Vera venceu o Campeonato para Moças Britânicas daquele ano. No ano seguinte, se tornou pupila de Géza Maróczy, um dos melhores enxadristas do mundo no início do século XIX.

Ela venceu o Campeonato Mundial Feminino em 1927 e defendeu com sucesso seu título seis vezes durante sua vida, e perdendo apenas um jogo, vencendo 78 e empatando 4.

Em 1937, ela se casou com Rufus Henry Streatfeild Stevenson (1878-1943), editor da revista Xadrez Britânico (British Chess Magazine) e depois secretário honorário da Federação Britânica de Xadrez.

Quando ela participou do torneio de Carlsbad em 1929, Albert Becker, um mestre Vienese, ridicularizou sua participação propondo que qualquer enxadrista que fosse derrotado por ela deveria ser membro do Vera Menchik Club. O próprio Becker se tornou o primeiro membro. O Vera Menchik Club eventuamente incluiu outros enxadristas famosos como Jacques Mieses, Frederick Yates, Albert Becker, Friedrich SämischMax Euwe e Edgar Colle.

Olga, a irmã mais nova de Vera, também era uma enxadrista profissional. Enquanto Vera ainda estava reinando como campeã mundial, as duas irmãs e a sua mãe foram mortas por um foguete V-1 jogado sobre Londres, durante a Segunda Guerra Mundial.

Em sua homenagem, nos dias atuais o troféu para o time vencedor da Olimpíada Mundial de Xadrez é conhecido como Vera Menchik Cup.
2017 - Todos os direitos reservados
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal