Ritmos de jogo no Xadrez (Controle de tempo) - Tabuleiro de Xadrez

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Ritmos de jogo no Xadrez (Controle de tempo)

Até o século XIX as partidas de xadrez eram jogadas sem qualquer controle de tempo, com isso muitas vezes os jogadores perdiam a concentração ou abandonavam o jogo por puro tédio.

McDonnell e Labourdonnais por exemplo, jogaram em 1834, e os jogadores demoravam até 1 hora para fazer uma única jogada!

Em 1851 em Londres, Staunton, "deixou" uma partida em andamento porque seu adversário Williams demorava demais para jogar. No ano seguinte  introduziram um limite de 20 minutos na partida entre Harrwitz e LowenttalHarwitz ganhou e Lowenttal culpou sua derrota à falta de tempo para pensar.
Este método de restringir o tempo  para cada lance foi gradualmente adotado. Tarrash era o maior opositor do controle de tempo, mas  o uso de relógios gradualmente tornou-se comum em todos os Torneios, tornando o jogo mais ágil e assim os organizadores tinham controle sobre a duração das partidas.Com o advento do relógio digital, criou-se o ritmo do jogo com acréscimos. O controle de tempo está ligado à evolução e desempenho do xadrez, na tentativa de popularizá-lo tornando um atrativo na Internet e Televisão, profissionalizando e atraindo melhor premiações.

Fonte: Blog do André Reis



...AS  AMPULHETAS...
... OS ANALÓGICOS...
...FINALMENTE OS DIGITAIS...
2017 - Todos os direitos reservados
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal