O drama de Schlechter, "O Mestre dos Empates" - Tabuleiro de Xadrez

Ir para o conteúdo

Menu principal:

O drama de Schlechter, "O Mestre dos Empates"


KARL SCHLECHTER (1874-1919), grande mestre vienense de xadrez, foi o único desafiante, antes de CAPABLANCA, que LASKER (na época Campeão Mundial de Xadrez) não conseguiu vencer. O match entre ambos, de 10 partidas, foi jogado em Jan-Fev/ 1910, parte em Viena e parte em Berlim e resultou em 5 x 5. O empate beneficiou o campeão.

O match foi espetacular, principalmente a última partida, a décima, quando LASKER esteve seriamente ameaçado de perder o título. SCHLECHTER estava com 1 ponto de vantagem quando a partida começou (5 x 4).
SCHLECHTER era conhecido, naquela ocasião, como o "MESTRE DOS EMPATES", pois tinha em seu currículo mais empates do que qualquer outro jogador em atividade na época. Em torneios internacionais sempre se colocava muito bem, pois dificilmente perdia partida.

A última partida do match foi jogada sob enorme tensão e com muita excitação dos espectadores. A luta estava realmente dramática. SCHLECHTER conseguiu, no meio-jogo, uma posição um pouco superior, suficiente para o EMPATE, conforme alguns autores. Porém, por obra do destino, tal não aconteceu. SCHLECHTER perdeu a partida...Como foi possível o "MESTRE DOS EMPATES" não empatar uma partida, quando mais precisava fazê-lo? Ainda mais que o match já vinha com 8 empates! Pela aritmética a disputa estaria ganha de 5,5 x 4,5 a favor de SCHLECHTER, caso ocorresse o empate e assim o título mudaria de mãos.

Muitos autores, por desconhecimento, quando relatam este emocionante duelo, mencionam aquela pergunta como sendo a síntese dos acontecimentos.

Entretanto, a verdade não é exatamente essa, e aí aparece o fato curioso. Pelas condições impostas pelo campeão para a disputa do match (na época o campeão era o proprietário do título), o desafiante teria que vencer com 2 pontos de vantagem para poder proclamar-se novo campeão. Daí, SCHLECHTER na última partida teve que jogar para ganhar, o empate não interessava em absoluto. E perdeu ! LASKER manteve assim, o título mais uma vez.

Com o surgimento da FIDE, o título de campeão deixou de ser propriedade particular e condições como essas não valem mais.

Por Pedro Alcântara

Fontes: Moderno Dicionário de Xadrez – Byrne J. Horton
A Aventura do Xadrez – Edward Lasker
Los Campeonatos del Mundo – Pablo Moran/S. Gligoric
Guinness Chess, The Records – Ken Whyld
Mosaico Ajedrecistico – A. Karpov/E. Guik
2017 - Todos os direitos reservados
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal